Antigo mosteiro da Armênia


Na Armênia existe vários monastérios datados dos séculos IX ao XI e muito deles têm sido importantes centros espirituais do país. Antigamente foram também utilizados como escolas de ensino médio, onde se ensinava aos alunos histórias, literatura, filosofia, teologia, música, pintura, miniatura e outras ciências. É por isso que eles tiveram que construir casas especiais para armazenamento de livros. Essas casas foram caraterizadas pela arquitetura popular feita com pedra.





Mosteiro de Tatev, era exatamente um mosteiro da Igreja Apostólica Armênia situado no Sudeste da Armênia, perto da aldeia de Tatev e não muito longe de Yerevan, capital da Armênia. Que foi fundado num antigo lugar pagão no século IX para se tornar um dos centros de ciência e educação mais importante da época. A sua localização estratégica favorável era conveniente para a criação de fortificações confiáveis. Para chegar ao mosteiro você pode ir de carro ou de ônibus através do desfiladeiro.

Ou você pode optar pelo teleférico mais longo do mundo, com cabines que deslizam por um cabo de 5,7 km, atravessando a garganta de Vorotan até o mosteiro de Tatev, no sul desta ex-república soviética. Que permite chegar, em qualquer época do ano, ao mosteiro de Tatev.



A igreja principal do mosteiro é a Igreja de São Pedro e Paulo, que foi construída entre os anos de 895 a 906. A entrada principal da catedral está localizada no lado ocidental. Outra entrada é a partir do lado sul, onde mais tarde apareceu uma capela. De acordo com o estilo medieval as janelas são bastante grandes. Paredes internas do mosteiro foram decorados com murais, alguns deles foram pintados por mestres estrangeiros.






Outra igreja do complexo é a Igreja de São Astvacacin situado sobre os jazigos na parte nordeste do mosteiro. Foi construído em 1087 e teve a servir como uma torre de relógio. O monumento é dedicado à Santíssima Trindade. Ele é de seis metros de altura. 

Nos séculos XVII e XVIII, apareceu algumas estruturas civis no território do complexo: uma biblioteca e um seminário. Especialmente interessante é uma sala de jantar com longas mesas e bancos de pedra para 80 pessoas. E na parte sul do complexo, varandas penduradas direito sobre o precipício. Perto do complexo também encontram-se outras estruturas como um celeiro, uma escola, uma fábrica de óleo. Na primavera de 1931 um forte terremoto aconteceu e muitos monumentos arquitetônicos foram destruído.













No século X, o mosteiro tinha cerca de mil moradores, obras de arte aplicada foram criados em suas lojas e muitas se tornaram famosas. Infelizmente, muitos murais antigos não foram preservados. Cabeças de serpente eram muitas vezes pintadas nas paredes, pois, na Armênia eles são reverenciados como patronos de casa.

Além dos prédios, o mosteiro possui um pêndulo na posição vertical, conhecido como o Gavazan. Esta coluna foi construído no século X, após a conclusão da Igreja de São Pedro e Paulo e sobreviveu inúmeras invasões e terremotos.

Os séculos XIV e XV foi uma época difícil para a Armênia, pois, o país passou por uma série de invasões e guerras que levaram o país à crise política e cultural e penas o principado Syunik, graças à sua posição geográfica, conseguiu manter a sua posição estável e evitar o declínio cultural. No século XIV uma universidade foi construída no mosteiro.

No período de 1346 a 1409 a universidade Tatev atingiu o auge de sua prosperidade. Tornou-se o maior centro científico e cultural da época. O que é um fato impressionante devido a situação política complicada do país. Muitos monges e seminaristas tiveram que viver uma vida errante. Após a morte de seu líder Grigor Tatevatsi a Universidade começou a sofrer declínio. Tendo seu fim na década de 20 do século XV. Hoje, o mosteiro Tatev não está funcionando. Ela está constantemente sendo restaurado. Embora os turistas são sempre bem-vindos.

































Revoltado por Natureza

3 comentários:

  1. Por favor, alguem que tenha um blog pode me explicar esse site? O_o

    www.divulgablog.tk

    É isso mesmo?

    ResponderExcluir
  2. Valeska, com este teu comentário, ou estás se tornando uma "mala" igual ao Alex Plunk ou és o próprio. De qualquer forma... que papinho mais sem noção!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!
    Bela reportagem. A Armênia possui as igrejas e monastérios mais antigos do mundo e que muitos estão sendo restaurados conforme se vê em algumas fotos. A Armênia é um país cristão envolto por paises islamicos como a Turquia, Irã e Azerbajão.

    ResponderExcluir